Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

As Virtudes da Timidez

Portinho da Arrábida, Setúbal, Agosto de 2006

.

São os tímidos, os tímidos convictos, que têm a minha admiração. Não se impõem aos outros à força; quando falam, geralmente é porque têm qualquer coisa de importante para dizer, ouvem as nossas histórias até ao limite da paciência e são o ombro em que mais apetece chorar. Normalmente, são muito mais sábios porque perderam mais tempo a observar o que se passa à volta - e conseguiram fazê-lo sem serem notados. Mas, acima de tudo, têm um sorriso que os extrovertidos geralmente não têm. Não é frequente, e por isso tem muito mais graça e depois começa num canto da boca e vai-se transformando num sorriso só aos poucos e poucos.

Uma grande vitória é quando conseguimos que deixem durante um bocadinho de ser tímidos, ou que deixem de ser tímidos connosco - não vale usar copos para os desinibir. Para ser especial, é preciso que o tímido se sinta tão seguro que seja mesmo ele proprio. Que fale dele e das coisas que o chateiam, faça aqueles comentários cínicos de quem afinou muito bem as palavras antes de as dizer. Os tímidos escusam de trazer flores ou presentes no dia de São Valentim. Basta aparecerem!

.

                                                                                                                          Isabel Stilwell, in Noticias Magazine

.

Revi-me neste texto...e neste momento Isabel Stilwell é minha "idola"! hehe

música: Silêncio...
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 19:36
link | comentar | favorito
22 comentários:
De Ohayo a 22 de Outubro de 2007
Poucas são as pessoas que têm essa perspectiva. Normalmente a timidez é vista como um defeito. Há uma frase que diz que uma carroça vazia faz mais barulho. Os extrovertidos fazem mais barulho, mas muitas vezes estão tão aterefados a mostrarem-se que se esquecem de observar, ouvir... querendo dizer exactamente o que disseste aqui: os "tímidos" têm mais tempo para observar, são melhores ouvintes, sabe apoiar... um apoio que sabe muito bem... mas isto não é generalista. Há pessoas que fogem tanto de uma característica como de outra e escondem-se em capas...
Gostei
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 22 de Outubro de 2007
Olá Mei!
Eu bem sei que a timidez geralmente é vista como um defeito...eu própria muitas vezes odeio ter esse "defeito".
Mas revi-me neste texto, a isabel descreveu-me muito bem...até senti orgulho em ser timida!hehe
Tens muita razão nas palavras que disseste e é verdade que estas virtudes da timidez não são generalistas, aliás, nada pode ser generalizado, nada é padrão, há sempre quem foge à regra.
Beijos grandes***
De Ohayo a 23 de Outubro de 2007
Já me senti mais prejudicada por isso. Depois aprendi que cada pessoa é diferente e tem a sua beleza. Aprendi esta beleza que descreves e que o Primus descreve. Há diferentes tipos de tímidos. E é destes que falo. É muito bom ler esta faceta, ver que alguém sente assim, ver desta forma e saber transpor isto por estas palavras, numa perspectiva pouco usual. Não conhecia a autora. Gostei.
Bacinos
De primus a 22 de Outubro de 2007
É bom saber que há quem veja como uma virtude tanto como para mim. Ou melhor que se dedique-se a observar mais longe que a mascara que é vista ao olhos comuns. Os timidos têm algo de especial, tem os sentidos extremamente aporados, conseguem ver sem olhar,conseguem ouvir sem ninguém falar, conseguem suportar dores do mundo inteiro dentro deles, mas quem consegue entrar no mundo deles encontra uma essência mais genuina que qualquer pedra perciosa. Bjs uma óptima semana para ti
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 23 de Outubro de 2007
Oh "Primus"...que palavras tão bonitas. Obrigada! Gostei imenso de ler a tua versão dos "timidos"=)
Eu sou um pouco suspeita para falar tendo em conta que sou timida...(mas nao daquelas exageradamente timidas...sou mais no primeiro impacto e perante certas e determinadas situações).
Beijos grandes***
De primus a 25 de Outubro de 2007
Se assim for também sou suspeito. Também sou mais no primeiro impacto mas as vezes também ao segundo e terceiro :) e perante certas e determinadas situações.
Não escrevi com intenção para valorizar a minha condição até porque durante muito tempo lamentei ser assim, as vezes é frustrante sentir necessidade de interagir com o mundo, mas é como sentir os membros bloqueados, já para não falar das vezes que consideram esta característica como antipatia, mas na realidade para mim a timidez chega a ser (simpatia ao quadrado) é tornar de tal forma importante quem nos rodeia e ter um respeito tão grande que qualquer atitude é ponderada para não perturbar seja quem for, para mim isto é mais que simpatia.
Doutra forma também não quero desvalorizar quem não é todos têm virtudes e a qualquer um um papel importante. Se fossem colocados os dois dentro dum corpo o tímido seria a alma e o extrovertido o corpo isto é ambos são indispensáveis. Bjs
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 29 de Outubro de 2007
Tens razão "Primus". Por vezes tambem sinto essa frustração. Situações em que quero soltar-me mais, em que desejo ser mais extrovertida, em que preciso mesmo de ter mais à vontade e as palavras querem sair e não saem, e os gestos e acções querem vencer mas como tu dizes, parece os membros ficam bloqueados. E no fim fico chateada comigo mesma porque nao foi capaz de fazer e dizer aquilo que queria. lol Ser introvertido tem as seus prós e contras, tal como ser extrovertido. Ninguem é perfeito...mas eu, mesmo nestas situações em que me passo comigo mesma, lol, gosto de ser timida ( ou habituei-me a ser, tambem pode ser isso=P) Beijos grandes e boa semana!
De primus a 29 de Outubro de 2007
Lol na verdade perfeitos até acho que há muitos no Brasil, também via telenovelas quando era miudo:). Mas a falar a sério se fossemos perfeitos acho que não andariamos aqui a fazer nada, porque o que me faz viver é aprender, evoluir claro e todo que isto implica. Sem dúvida acho o mesmo. Adorei a tua resposta ao comentário sobre insegurança mas não me vou esticar mais já me sinto a monopolizar o teu espaço e a ter uma atitude pouco comum para um timido:).De qualquer forma o mais importante acho que já todos dissemos. Beijinhos e óptima semana.
De Ohayo a 23 de Outubro de 2007
Cusquei o teu comentário... sim senhor...
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 24 de Outubro de 2007
Obrigada!
Beijos grandes***
De primus a 25 de Outubro de 2007
Obrigado pelo teu aval. Bjs.
De nofimdoarcoiris a 24 de Outubro de 2007
Como "boa" timida que sou também me revejo neste texto. Ao longo dos anos fui aprendendo a lutar contra a minha timidez. E ganhei algumas batalhas.
Gostei do teu blog! Vou voltar...
Beijinhos
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 24 de Outubro de 2007
Olá! Sê bem vinda ao meu blog=)
Também já fui mais timida...também aprendi a lutar com ela, mas principalmente a adaptar-me e a saber viver com ela ( por vezes não é nada fácil ser uma pessoa timida...)
Espero que voltes mesmo!
Eu prometo visitar o teu cantinho;)
Beijos grandes e resto de boa semana***
De Virginiana a 24 de Outubro de 2007
Olá filhinha! Também gostei deste texto sobre o tema "timidez", como sabes e não fosses filha da mãe também eu sou timida, é evidente que dividem-nos muitos anos de existência e alguma da minha timidez foi trabalhada, ultrapassada, no entanto ainda sinto alguma dificuldade em certos campos...
Li os comments que te fizeram, gostei de todos mas acho a análise do primus muito bem vista quando diz que os timidos tem algo de especial, tem os sentidos extremamente apurados, que quem consegue entrar no nosso mundo encontra uma essência mais genuina que qualquer pedra preciosa.
Obrigada por mais um post maravilhoso, também eles passam sempre uma mensagem...

Beijos
De primus a 25 de Outubro de 2007
Obrigado. Adorei saber que a "mãe da filha" participa activamente no mundo da filha, seria muito que todos os pais o fizessem. O que acho que nem sempre é fácil as vezes não é só necessário ter vontade mas também liberdade para tal. Acho que é dos maiores exemplos de respeito. Bjs
De Virginiana a 27 de Outubro de 2007
Olá primus, obrigada pelo teu parecer ao meu comentário! Tento ao máximo participar no mundo da minha filha, não acontece mais vezes precisamente porque ela é mais timida que eu, no entanto tento sempre abordar os assuntos, puxar por ela e lá nos vamos abrindo, até porque eu também desabafo bastante com ela sobre os meus problemas!
Como costumo dizer, lá por sermos mãe e filha não precisa haver uma parede a separar-nos, devemos falar de tudo, ela sabe que pode contar comigo para tudo...o importante e sabermos dividir as coisas nunca esquecendo que somos mãe e filha a não devemos ultrapassar os limites, nem eu nem ela para que tudo corra bem e possamos sempre contar uma com a outra...havendo compreensão e respeito de parte a parte tudo funciona na perfeição! Tenho um espírito jovem, gosto de me dar com as/os amigas/os dela e sinto-me bastante feliz porque sou acarinhada por todos, por vezes esqueço-me que sou mãe da Patricia...

Obrigada, um bom fim de semana...

Beijos

T.Santos
De primus a 28 de Outubro de 2007
Acho isso excelente. É muito bom pensar assim acho que criar barreiras é só para esconder a realidade quando não se aceita é separar as pessoas. Ao criar limites acho que só vai nos fazer viver na mais pura ilusão. Acho que sonhar não é viver na ilusão todo depende de como sonhamos. Uma coisa é tapar o que é incomodo e sonhar com coisas bonitas isso para mim é viver no mundo da ilusão, outra forma é aceitar o que é incomodo e sonhar em como tornar perfeito isso não acho que seja viver no mundo da ilusão. Ao tapar não faz com que deixe de existir ao agir sobre algo vai existir transformação e ai há mais provabilidades de eliminar o sentimento que tanto incomoda. A idade acho o mesmo não devemos sentir nos limitados por numeros mas sim pelo que sentimos á muitos exemplos disso á instantes li um artigo duma centenária que ainda faz renda e vai visitar os amigos sozinha. Dá que pensar.
Obrigado pela participação.
Um Bom Domingo.

Bjs
De Mercury Wings a 25 de Outubro de 2007
Só para ser diferente vou dizer que a timidez não existe :) e vou argumentar. A timidez não existe, o que existe é a insegurança ou se preferirem falta de convicção em quem se é e no que se quer.

Explicando: O inseguro vive num constante crise existencial (daí o sofrimento) e "olha" constantemente à volta para saber onde vai pisar e daí a maior capacidade de observação e sensibilidade . Quanto à falta de convicção...(desculpem-se os suposto tímidos )...quando se sabe exactamente o que se quer não há timidez que valha... Porquê? Porque se está seguro de algo...

Aparentemente a timidez é um eufemismo para insegurança... Pessoas extrovertidas, sim são bastante prevísiveis , mas isso é porque não estão completamente bloqueadas a pensar no seu próximo passo :)

Finalizar dizendo que as pessoas inseguras acabam por ser ser humanos mais complexos cognitivamente ...daí também serem mais interessantes...Vivam os tímidos "! (usando o eufemismo)

Boa escolha de texto! Tema interessante!
Continua P !
Bj*
De primus a 26 de Outubro de 2007
Excelente prespectiva.
Vendo por este ponto já agora acrescento o seguinte. Não devemos confundir insegurança com cobardia.
Alias quando os cenários mudam mudam as personalidades.
Dou um exemplo a personalidade dum gato quando detectam algo que os intimide fogem, fogem sempre até nãoterem qualquer saida mas se vêem encurralados bem é melhor não estar lá para ver.
Eu tive um bom exemplo a última vez que tive de levar o meu ao veterinário para a levar a vacina.
Por outro lado quando uma gata vê algum perigo aproximar-se junto das crias também não é o melhor
cenário para se ver:).
É ai que são tão especiais os timidos acumulam sentimentos que quando os libertam é duma forma tão intensa e concentrada que superam os limites comuns.
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 29 de Outubro de 2007
Mais uma vez aqui está uma boa teoria e não podia deixar de ser de quem? Do Tiago! Sempre com palavras que fazem pensar, sempre com teorias bem argumentadas.
Posso dizer que concordo contigo. Timidez...insegurança...sim podem ser sinónimos. Se somos mais reservados,mais timidos, mais calados, é porque somos mais inseguros, mais desconfiados, de pé atrás, mas tambem pensamos muito bem sobre as coisas, ponderamos, não damos um passo em frente apenas por dar, não dizemos isto e aquilo apenas por dizer. Quando o fazemos é sem duvida uma coisa bastante pensada. Não gostamos invadam o nosso espaço assim sem mais nem menos tal como também não gostamos de invadir o dos outros e respeitamos isso. Os extrovertidos, talvez por serem muito seguros de si, ás vezes nem pensam muito no que fazem, não poderam bem as decisões, para a frente é que é caminho, alegria alegria alegria! he he Ás vezes não são muito bons ouvintes...porque andam lá na sua euforia e "esquecem-se" de ouvir os outros...nós timidos somos muito bons nisso, a escutar os outros.
Enfim...vivam os timidos! Vivam os extrovertidos! Viva toda a gente porque todos são indespensaveis neste mundo!=P
Beijos grandes***
De Ana Crespo a 30 de Outubro de 2007
Adoro-te, sabias? **************************
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 30 de Outubro de 2007
Fofaaaaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!
Também te adoro muito!=)*********

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 25 seguidores

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um dia voarei…voarei para...

. Vai Aonde Te Leva o Coraç...

. Finding Neverland

. Como é Fácil ser Difícil

. Feliz Ano Novo para todos...

. Keane no Coliseu de Lisbo...

. Sessão de autógrafos de N...

. Caminho de uma Vida

. Eu só queria...

. O Clube dos Poetas Mortos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O Poder da Memória

. Momento Inesquecível

. Mãos Dadas

. Um Caso de Paixão

. O amor na areia

.links

.pesquisar

blogs SAPO

.subscrever feeds